Contactos

Tony Imóveis

  • Pessoa de contato: Tony
  • Telefone: +55 (021) 97266-88-15, VIVO
  • +55 (021) 98007-20-80, TIM
  • +55 (021) 98571-86-36, OI
  • +55 (021) 97470-41-93, CLARO
  • Endereço postal: Rua Barão de Itambi, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

Profissão em extinção

Profissão em extinção

20/04/14

Corretor de Imóveis, a Profissão Ameaçada de Extinção

Como ser corretor de imóveis em uma sociedade tomada pela tecnologia? Essa pergunta caracteriza bem o cenário vivido pela corretagem imobiliária.
Na atualidade, a tecnologia tem mudado a forma de fazermos tudo, inclusive de trabalhar. Cada profissão, a seu modo, tem sentido o impacto de aplicativos e sites que visam facilitar processos a partir da redução do fator humano.
Uma das áreas mais afetadas é a de corretagem imobiliária. É fácil encontrar páginas na internet que, em tese, substituem o intermédio realizado pelo corretor de imóveis.
O trabalho do corretor pode ser substituído?
Se você atua na área de corretagem imobiliária ou pretende atuar, com certeza já deve ter se informado sobre como ser um corretor de imóveis. Isso inclui requisitos legais, conhecimentos específicos e certas habilidades. Sendo assim, talvez você se questione como pode um programa ou site desempenhar essa função sem que fiquem lacunas.
É fato que ferramentas tecnológicas trabalham com critérios objetivos. Isso quer dizer que elas podem, meramente, oferecer respostas a entradas específicas passadas pelos usuários. Dessa forma, ao acessar páginas como www.proprietariovende.com, www.proprietariodireto.com.br e www.semcorretor.com.br, o cliente encontrará opções de compra baseadas em informações que ele próprio passa, como as características da edificação desejada e a localidade.
Isso, de forma alguma, substitui o trabalho de um corretor de imóveis. A corretagem imobiliária não é simplesmente mostrar construções em dados locais e com um número de cômodos definido. Ela depende de vários outros fatores, como uma criteriosa análise do perfil do comprador, poder de negociação que atenda a todos os lados e apresentação de opções que possam trazer satisfação, mesmo que estejam fora do padrão inicial. Esses são apenas alguns exemplos de aspectos que programa nenhum está apto a oferecer.
Mas então, porque a tecnologia ameaça os corretores?
Por mais que o trabalho de um corretor de imóveis seja completo, a internet oferece baixo custo, grande comodidade e flexibilidade de horários. Isso tem levado cada vez mais clientes a buscarem esse caminho como forma de encontrar a aquisição desejada.
Para quem gastou horas aprendendo como ser um corretor de imóveis, isso pode ser muito frustrante, já que mesmo com um trabalho de menor qualidade, os sites têm ganhado o mercado imobiliário. Não dá pra dizer o caminho que isso tudo vai tomar, mas é certo que a tendência é a tecnologia se aprimorar cada vez mais e o fator humano ser substituído em níveis mais complexos.
Há solução para quem trabalha com corretagem imobiliária?
Essa questão não é fácil de ser respondida, pois depende da percepção de cada um. O único ponto que é garantido, é que nesse embate os corretores que acumularem mais habilidades e que fornecerem um trabalho com maior qualidade têm maiores chances de sucesso.
Com base nisso, o profissional deve repensar sua forma de trabalho. É importante que ele avalie se está fazendo o máximo para captar clientes, agradá-los e fechar negócios. Isso parece óbvio, mas muitos não têm feito essa análise com a devida frequência, o que pode custar caro em um mercado tão competitivo e que agora tem de lidar com a própria tecnologia.
Com base em tudo o que foi dito, podemos concluir que os sites e programas que se propõem a substituir os corretores imobiliários deixam lacunas nos serviços que oferecem, pois o fator humano, apesar de representar fraqueza em dados momentos, sempre será um diferencial. Quanto ao futuro da corretagem imobiliária, ainda é difícil tirar conclusões, mas é certo de a disputa homem x máquina, tende a se acirrar nos próximos anos.

Artigos anteriores
Curso

19/04/14

Lucro imobiliário e imposto de renda
O corretor

19/04/14